Hiper Badotti 93017
17/01/2022 às 09:18
Visualizações: 5841

Quirera Gourmet – 17/01/2022

Quirera Gourmet
Por: Romeu Scirea Filho
Velho Oeste 157930

O Amarelo e o Azul

O pluralismo político, a diversidade de ideologias, mentalidades e a múltipla interpretação dos fatos que determinam “por onde anda a humanidade” é, sem dúvidas, a grande vantagem gerada pela Democracia – aquela em que todos os segmentos da sociedade podem se manifestar e se expressar sem censura. É bem velha – mas sempre válida e atual –  a máxima “o que seria do amarelo, se todos gostassem do azul”? No Brasil e aqui no Oeste acredito as rivalidades e preferências futebolísticas ilustram com perfeição a importância do pluralismo político…

Adversários X Inimigos

Em todos os países democráticos ditos “evoluídos”, ou “civilizados” o pluralismo político exibe sua nudez explícita com a existência – e a convivência pacífica – de partidos políticos progressistas, ultra progressistas, ao lado de conservadores e ultraconservadores. Ou, se o (a) amigo (a) preferir, direitistas desde os mais radicais, até esquerdistas também desde os mais xiitas possível, convivem em harmonia, debatem temas, buscam soluções…E ao contrário daqui do Brasil – é bom frisar isso – não querem exterminar os adversários, nem mandar para outro país quem não pensa igual a uns ou a outros…Adversários não são inimigos…

O Azul e o Amarelo

Essa marca da espécie humana – ao menos dos humanos mais esclarecidos – apenas reflete outra verdade inatacável: não existem duas pessoas, nem três, cinco ou cinquenta pessoas exatamente, até nos mínimos detalhes, iguais! ” A individualidade das pessoas faz com que nem irmãos gêmeos tenham a mesma cabeça, ou pensem exatamente da mesma forma. E é essa diversidade que desenvolveu o ser humano racional, inteligente, capaz de optar pela melhor alternativa disponível. Assim, ainda bem que nem todos gostam do azul, pois com isso sobrou espaço para quem gosta do amarelo… É democrático!

Gremistas e Colorados

A convivência pacífica entre diferentes ideologias poderia aprender muita coisa, no Brasil, com as torcidas de clubes de futebol, a maior paixão nacional. Por mais que Colorados e Gremistas, por exemplo, sejam opostos, rivais, adversários, antípodas, refratários e eventualmente inimigos mesmo, é muito difícil – praticamente impossível –  você encontrar um torcedor de qualquer um deles que deseje a morte, ou a deportação da torcida do seu adversário! Primeiro, porque “perderia a graça”: Quem você iria zoar quando seu time ganhasse?

A Diretoria e o Time

E depois, todos que jogam, ou que torcem por algum jogo sabem, ou deveriam saber, que qualquer jogo é… jogo! E quem joga tem que saber ganhar e perder… mesmo porque o jogo na verdade nunca termina. E quem perde hoje pode vencer amanhã – mesmo sem precisar matar ou deportar a torcida, a diretoria e o time adversário…Os ingleses inventaram algo que chamaram de “Fair Play” – expressão ainda não bem traduzida para a nação tupiniquim…Fair Play é ter a dignidade e a honestidade de reconhecer que…perdeu! E cumprimentar o adversário, porque ele foi melhor!

Vacinas Não Prestam Para Nada!

Mas ultimamente uma parcela nação brasileira – em boa parte influenciada pelo despresidente eleito em 2018 – ignora olimpicamente tanto o Fair Play, quanto o gostar do amarelo e do azul e, principalmente, o pluralismo de ideias; decidiu-se, por exemplo, – e não se sabe quem foi que decidiu, que vacinas não prestam para nada, que são um mal que afetou e matou muita gente, ao longo de 20 e poucos séculos! Então devem ser banidas, jogadas no lixo! Esse povo – primos dos mais radicais, que acreditam que a terra é plana – defende que não se deve VACINAR TODO MUNDO, contrariando a maioria dos cientistas, estudiosos e pessoas normais…E ignoram que sem vacinar a todos, sempre haverá risco de retorno da Pandemia…

É Só Ler

Você pode e deve reconhecer que em alguns casos – raríssimos e insignificantes diante dos inúmeros casos sem problemas – vacinas podem ter trazido algum problema a quem se vacinou. Mas isso não é suficiente para negar ou rejeitar vacinas, especialmente diante de uma PESTE MUNDIAL, por mais que essa expressão assuste ou choque puristas. Mas não há quem possa colocar na cabeça de algumas pessoas que vacinas são altamente benéficas. E que se não fosse por elas, talvez o prezado negacionista sequer existiria, porque o Sarampo, ou uma virose qualquer, teria abreviado sua vida…Não se brinca com pestes! E há cem anos atrás, na “Gripe Espanhola”, isso ficou bem claro! Está nos livros, é só ler…

Custa Nada!

Essa decepcionante, e grande, onda de ignorância mundial – que desconhece o pluralismo da sociedade humana e renega a Ciência, sem apresentar sequer um mero argumento aceitável em sua defesa, aos poucos está mostrando contornos mais claros e visíveis: Se uma parte da Humanidade evoluiu e sabe exatamente como agir para manter a vida no Planeta Terra, outra parte, a mais atrasada, resolveu também criar a sua “verdade científica”, com as ferramentas e a tecnologia que dispõe: A ignorância e o negacionismo de fatos indiscutíveis, irrefutáveis e absolutamente confirmados pela História da Humanidade neste planeta… Por isso, às vezes, dá vontade de chutar o balde e o pau da barraca! E custa nada, volta e meia, dar uns berros! PQP! Assim, vai mal!

Anuncie No Ronda 104198

Portal Ronda Policial

CNPJ: 26.383.651/0001-00
Rua Victor Konder, 1005
Centro Comercial Chaplin - Xanxere/SC
CEP: 89820-000

Dados de contato

(49) 9 8852-5789 - Direção
(49) 9 9154-7405 - Xanxerê
(49) 9 9934-5537 - Bom Jesus
rondapolicial@rondapolicial.net.br