Unopar Xanxerê 105204
AM Turismo
Cimadon Informática
Badotti Topo
Covid 1 98864
Menu 2020

Notícias

Home >Notícias >Dia de hoje na história

Hoje Na História Visualizações: 9075

Dia de hoje na história

Dia de hoje na história

Dia de hoje na história – 25 de janeiro
O dia 25 de janeiro de 1947 quando morria em Palm Beach, nos Estados Unidos, Alphonsus Gabriel Capone, ou simplesmente Al Capone. Nascido em Nova York no dia 17 de janeiro de 1899, é considerado um dos maiores gângsters dos Estados Unidos. Ele também era conhecido como Scarface (“Cara de Cicatriz”) por conta de uma cicatriz no seu rosto. Filho de imigrantes italianos, Al Capone liderou um grupo criminoso que se dedicava ao contrabando e venda de bebidas, entre outras atividades ilegais, durante a lei seca que vigorou nos Estados Unidos nas décadas de 20 e 30. Al Capone tinha informantes, pontos de apostas, casas de jogo, bordéis, clubes noturnos, destilarias e cervejarias. Chegou a faturar US$ 100 milhões por ano durante a lei seca. Em 1931, foi condenado a 11 anos de prisão pela justiça norte-americana por sonegação de impostos. Em 1939, sua prisão foi revista, por conta da seu estado de saúde. Al Capone havia contraído sífilis, apresentava distúrbios mentais e morreu por conta da doença em 1947. Alphonse Gabriel Capone também conhecido como “Scarface” (cara cortada) foi um gangster e contrabandista estadunidense (seus pais eram italianos), e ficou famoso mundialmente como Al Capone. Capone nasceu em Nova York, no dia 17 de janeiro de 1899, e foi criado no Brooklyn, onde estudou até os nove anos. Abandonou os estudos para integrar as quadrilhas da cidade. Ingressou rapidamente na Five Points Gang, liderada por Johnny Torrio, gangster que ,em 1909, foi para Chicago para trabalhar sob as ordens de Big Jim Colosimo. Johnny Torrio começou a liderar a quadrilha depois de ordenar o assassinato de seu chefe, não se sabe ao certo se eliminado por Capone ou Frankie Yale. De qualquer forma, Torrio confiou a Capone, durante a década de 1920, a organização da direção do bando, dedicado a exploração da prostituição, do jogo ilegal e do tráfico de álcool. Em 1925, Torrio se aposentou e Capone passou a liderar o bando, depois de eliminar seus rivais em uma série de guerras mafiosas, cujo estopim foi o assassinato de O’Banion. Em 1926, exercia o controle da máfia da cidade e reunia todas as quadrilhas, exceto duas: a de Aiello e a de Bugs. Capone e seus homens mataram todos os membros da quadrilha de Aiello em menos de um mês. Os enfrentamentos culminaram com a violenta morte dos chefes da quadrilha de Bugs, em 1929. Depois de livrar-se de seus rivais, Capone continuou enriquecendo graças ao tráfico ilegal de bebidas alcoólicas causado pela lei seca e através de sua vasta rede clandestina de salas de jogo. Calcula-se que, em 1927, a fortuna de Al Capone era superior a 100 milhões de dólares. Depois de anos de infrutífera perseguição policial, e perante a falta de provas, Capone foi detido por sonegação fiscal e, em 1931, condenado a onze anos de prisão. Foi encarcerado na cidade de Atlanta, em 1932, e, em 1934, foi transladado ao centro penitenciário de Alcatraz. Depois de passar oito anos na prisão, foi concedida a Capone a liberdade condicional. Sua deterioração (física e mental) já era notável, visto que, segundo relatos, padecia de sífilis. Depois de ficar um tempo no hospital, foi viver em sua mansão, situada em Miami Beach, onde viveu até o final de seus dias. Al Capone faleceu no dia 25 de janeiro de 1947. 1. Al Capone teve 8 irmãos. Cinco deles se envolveram em atividades criminosas. A família viveu no número 95 da Navy Street, no Brooklyn. 2. Ele abandonou a escola aos 14 anos e, depois de trabalhar em uma loja de doces e em um estabelecimento de boliche, conheceu o gângster Johnny Torrio, que se tornaria seu mentor no crime. 3. Al Capone fez parte da “Gangue dos Cinco Pontos”,organização criminosa nascida no final século XIX, mencionada no filme “Gangues de Nova York” (2002). 4. Ele tinha o apelido de “Scarface” (“Rosto com cicatriz”). Ele ganhou as cicatrizes (e o apelido) em uma briga com Frank Gallucio, que o atacou depois que Capone insultou sua irmã. Al Capone pediu desculpas para Frank e, anos depois, o contratou como guarda-costas. 5. No dia 30 de dezembro de 1918, Al Capone casou-se com Mae Josephine Coughlin. Mae pertencia a uma família de origem irlandesa de classe média alta e só se casou com Capone depois do nascimento do filho dos dois, Albert Francis “Sonny” Capone, no dia 4 de dezembro de 1918. Ao contrário do pai, “Sonny” nunca se envolveu com a máfia. Ele morreu no dia 8 de julho de 2004. 6. Em 1921, mudou-se para a cidade de Chicago e, junto com Johnny Torrio, construiu pontos de venda ilegal de bebidas na época da Lei Seca (1920-1933). O “negócio” rendia 15 milhões de dólares por ano. 7. Depois de liquidar seus opositores em inúmeras guerras de gangues, Al Capone tomou o poder de Johnny Torrio como líder da máfia de Chicago. 8. Esteve envolvido em centenas de crimes brutais. O mais famoso deles foi o “Massacre do dia de São Valentim”, em 14 de fevereiro de 1929, no qual 7 homens envolvidos com a máfia foram brutalmente assassinados. 9. Al Capone escapou várias vezes de ser condenado por seus crimes. Ele só foi preso em 1931, quando o agente Eddie O’Hare descobriu que o gângster não declarava seus impostos. Por esse crime, Al Capone foi condenado a 11 anos na prisão federal de Atlanta. 10. Em 1938, já na prisão de segurança máxima Alcatraz, ele foi encontrado olhando fixamente para a parede. Os médicos diagnosticaram o criminoso como portador de sífilis em estado avançado. Em novembro de 1939, foi solto após os médicos constatarem que, devido ao seu estado mental debilitado, ele já não oferecia perigo a sociedade. Al Capone mudou-se para Miami Beach,na Flórida. Por causa da doença, perdeu grande parte da coordenação motora e passou a ter dificuldades para falar. Nos últimos anos de vida, Al Capone passava a maior parte do seu dia pescando, vestido com pijamas. Al Capone morreu dormindo, no dia 21 de janeiro de 1947, aos 48 anos, após sofrer um derrame cerebral. Ícone do crime organizado no início do século XX, Al Capone foi enterrado no Cemitério de Mount Carmel, em Hillside, Illinois.
Veja mais fatos históricos nesse dia:
1554 – Fundação da cidade de São Paulo.
1882 – Nasce Virginia Woolf, escritora britânica.
1912 – O Partido social-democrata alemão ganha as eleições ao Reichstag, mas não obtém a maioria absoluta.
1915 – Uma ligação de Alexander Graham Bell, em Nova York, para seus amigo Tomas Watson, em São Francisco, inaugura o serviço telefônico transcontinental.
1917 – Os Estados Unidos compram da Dinamarca as ilhas das Antillas por US$ 25 milhões.
1919 – A Conferência da Paz aceita a proposta do presidente dos EUA, Woodrow Wilson, de criar uma Associação Geral das Nações.
1929 – Rússia e Alemanha firmam um tratado de conciliação e se comprometen a submeter todos os conflitos que possam surgir entre as nações à uma Comissão Permanente.
1931 – Gandhi é posto em liberdade na Índia.
1947 – Morre o mafioso americano Al Capone, que acabou preso por sonegação de imposto de renda e não pelos crimes cometidos na Máfia.
1948 – O poeta e ensaísta Damaso Alonso ingressa na Real Academia Espanhola.
1954 – A Catedral da Sé é inaugurada em São Paulo pelo então arcebispo d. Carmelo de Vasconcelos. A Igreja fica situada na praça que é o marco zero da cidade.
1957 – A Índia é anexada à Caxemira.
1960 – O professor Jacques Piccard alcança a profundidade recorde de 10.916 metros no mar, nas ilhas Marianas.
1971 – O chefe das Forças Armadas da Uganda, Idi Amin, assume o poder, após um sangrento Golpe de Estado.
1976 – Primeiras eleições municipais livres na Espanha depois da fase franquista.
1984 – Aconteceu na praça da Sé, em São Paulo, a maior campanha cívica já realizada no Brasil: Diretas Já, que pedia eleições diretas para presidência da República.
1986 – Morrem 30 pessoas e 12 ficam gravemente feridas após a explosão de uma fábrica de armas situada em Iquique (Chile).
1989 – Pekin e Hanoi chegan a um acordo sobre Camboia, para que as tropas vietnamitas abandonassem totalmente o país em setembro.
1990 – Morre Ava Gardner, atriz norte-americana.
1992 – Morre Manuel Hernández Mompó, pintor espanhol.
1993 – Slobodan Milosevic ocupa o cargo de presidente da Sérvia à frente do novo Parlamento, após vencer as eleições.

Publicidades

Chofer 46 noticias
Churrascaria Deck – Bom Jesus Interno
Dentista Visoli Bom Jesus – Interno
Vincenski – Divisórias BJ Interno
Refazenda – Interno
Becks Calçados – Interno
Funerária Giroletta
LisaFarma Interno
Sesi Interno
Barbearia Cesar – Joi Interno
AE Interno
Academia Matheus Deap Interno
Aroma de Café – Maicon Imbes (interno)
Leomar persianas Interno
For boys rodapé
Reana central