Cimadon Informática
Aniversário Passos Maia 2018
Super Auto Multimarcas
Perfetto Café
Academia Spaço Fitness
Badotti Topo
Menu Site 02 – 04 seg

Notícias

Home >Notícias >Exercícios físicos na terceira idade

COLUNISTA Esporte & Saúde Visualizações: 68

Exercícios físicos na terceira idade

Exercícios físicos na terceira idade

Ter uma vida saudável depende tanto de uma alimentação balanceada, como da prática regular de exercícios físicos. Porém, quando se chega a uma idade avançada, o corpo perde a agilidade de fazer caminhadas e exercícios, devido ao enfraquecimento dos ossos. Portanto, a atividade física na terceira idade é essencial para quem quer manter uma vida saudável e aumentar sua qualidade e expectativa de vida.

Os exercícios físicos na terceira idade trazem inúmeros benefícios para o indivíduo, e entre eles estão o aumento do HDL (colesterol “bom”), a redução dos triglicerídeos, diminuição da pressão arterial, redução da gordura corporal devido ao aumento do gasto calórico diário, ganho de massa muscular propiciando ao idoso maior autonomia funcional, diminuição de lesões causadas por quedas, além de ajudar a prevenir doenças cardíacas e vasculares, hipertensão arterial, diabetes, câncer de mama e próstata, obesidade, osteoporose, stress, depressão, etc.

Segue um breve comentário das atividades, onde explico o motivo da importância de se realizar cada uma delas:

Caminhada: além de promoverem o convívio social, fortalecem os músculos e as articulações e melhoram o ritmo cardíaco. Durante a caminhada, é importante manter as costas e os ombros eretos e usar tênis confortável, com amortecimento. Antes e depois das caminhadas, é muito importante alongar para evitar lesões;

Natação: a natação tem muitos benefícios como alongar e fortalecer os músculos e articulações do corpo, prevenir o aparecimento de lesões, aliviar as dores causadas pela artrite, evitar a perda óssea e diminuir o risco de doenças como diabetes ou hipertensão, por exemplo;

Andar de bicicleta: também é uma boa opção de exercício para idosos porque ajuda a fortalecer as articulações, especialmente as dos joelhos, tornozelos e quadril, além de ajudar a fortalecer os músculos das pernas e abdômen. Além disso, andar de bicicleta ajuda a baixar a pressão arterial e a aliviar as dores provocadas pela artrite;

Alongamentos: além de melhorarem a flexibilidade e a circulação sanguínea, melhora a amplitude dos movimentos, favorecendo a realização das atividades da vida diária como arrumar a casa ou cozinhar, por exemplo.

Musculaçao:  Aumenta a força e a flexibilidade, o que reduz a vulnerabilidade do idoso a quedas, aumenta a densidade óssea, o que ajuda a evitar o acometimento de osteoporose, uma doença caracterizada pela baixa fabricação de material ósseo novo suficiente, o que acaba deixando os ossos frágeis e mais suscetíveis às fraturas, diminui dores articulares que afetam locais como coluna, ombros e joelhos, e melhora a postura corporal;

Hidroginástica: na hidroginástica, todos os músculos do corpo são exercitados e a água favorece o relaxamento das articulações, aliviando as dores e desenvolve a força e resistência do corpo. Além disso, a hidroginástica melhora o ritmo cardíaco e a saúde dos pulmões;

Pilates: ajuda a estimular a circulação, aumenta a flexibilidade e força, favorecendo a coordenação dos movimentos. Além disso, o pilates ajuda a melhorar a postura e a aliviar o estresse. O idoso deve parar de fazer os exercícios se começar a sentir dor intensa e deve consultar o médico para continuar a praticar o exercício.

Publicidades

Delmar interno
Oeste Gesso – Interno
Pet Fino Faro Interno
Disk Hamburguer Interno
LisaFarma Interno
Wustro Interno
Restaurante Interno
Som Car Interno
Zelar Interno
Chapeação Renato
NetXan Interno
For boys rodapé
Reana central
Fechar