Cimadon Informática
Aniversário Passos Maia 2018
Super Auto Multimarcas
Perfetto Café
Academia Spaço Fitness
Badotti Topo
Menu Site 02 – 04 seg

Notícias

Home >Notícias >Delações da Odebrecht aquecem cenário político envolvendo pré-candidatos em SC

COLUNISTA Conexão Política Visualizações: 951

Delações da Odebrecht aquecem cenário político envolvendo pré-candidatos em SC

Delações da Odebrecht aquecem cenário político envolvendo pré-candidatos em SC

As delações e listas apresentadas por executivos da Odebrecht deixam em saia justa centenas de políticos brasileiros, inclusive catarinenses. De acordo com levantamento feito pelo jornal “O Estado de São Paulo”, no Brasil são 415 políticos de 26 dos 35 partidos legalmente registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), envolvidos em um grande esquema de corrupção. Aos políticos catarinenses, é atribuída a soma de R$ 20,1 milhões pedidos de doações para campanhas eleitorais por meio de caixa 2, onde a maior parte do dinheiro ao que tudo indica tinha como pano de fundo a privatização da Casan. Entre os principais figurões, está o Deputado Estadual, xanxerense Gelso Merísio (PSD); Deputado Federal Décio Lima (PT); Ex-Senadora Ideli Salvatti (PT); e o ex-secretário da Fazenda, também xanxerense Antônio Gavazzoni. De acordo com o levantamento, Gavazzoni, é citado em delação como intermediário de pedidos de doação via caixa 2. O Pré candidato ao Governo Gelson Merísio teria recebido R$ 550 mil para a campanha de 2014. Enquanto que os petistas, Décio Lima teria solicitado R$ 500 mil para a campanha de Ana Paula Lima em 2012, e Ideli Salvatti teria recebido R$ 300 mil para a campanha ao governo do Estado em 2010.

ND

Publicidades

Delmar interno
Oeste Gesso – Interno
Pet Fino Faro Interno
Disk Hamburguer Interno
LisaFarma Interno
Wustro Interno
Restaurante Interno
Som Car Interno
Zelar Interno
Chapeação Renato
NetXan Interno
For boys rodapé
Reana central
Fechar